Rolhas & Garfos: Dom Queijo

Queijo e Vinho, um par perfeito à mesa.

Este mês rumamos ao bairro de Alvalade para conhecer melhor uma casa que consegue, para além da excelente gastronomia, o melhor pairing: juntar alguns dos melhores queijos a uma seleção cuidada de vinhos da Ravasqueira.

O Dom Queijo nasce depois de uma viagem de Vasco Pádua, dono e anfitrião, e porque o ritual de juntar vinho e queijos à refeição era já um hábito familiar. É numa visita gastronómica a Paris que Vasco percebe qual será a sua primeira aventura na restauração. Seguiram-se mais viagens, muita gastronomia e muito estudo do queijo, um processo que Vasco considera importante e que, segundo ele, nunca termina. É dessa aprendizagem e exploração constantes que surge aquele que já é hoje um espaço de referência para os apaixonados pelo queijo em Lisboa, que aqui encontram alguns dos melhores queijos nacionais e estrangeiros.

Fomos para conhecer o espaço e o seu fundador, mas foi o belíssimo pairing com os vinhos da Ravasqueira que nos fez prolongar ainda mais a visita. São os vinhos predominantes na carta, desde o primeiro dia, e a sua presença reforça a união umbilical desta morada com o Alentejo. O Reserva da Família branco acompanhou um belíssimo pão de queijo alentejano com queijo de Nisa e chouriço do Alto Alentejo, um tributo de Vasco ao Alentejo e em especial a Portalegre, onde nasceu. 

dom-queijo-1

Daí seguimos num roteiro com algumas coordenadas improváveis, com um creme de pêra, aipo e roquefort a fazer (muito bem) as vezes do sal, ao qual se seguiria um magret de pato com puré de couve flor e brie de meaux, condignamente acompanhado por um dos best sellers da casa, o Reserva da Família tinto. Houve tempo para muito mais, incluindo até um vislumbre do futuro projecto de Vasco Pádua, também ele nascido da paixão pelo queijo, mas de pés bem assentes no território da comfort food. Foi assim que subitamente demos por nós a combinar o mac and cheese da casa com o tinto de eleição, antes de terminar com um cheesecake desconstruído entrecortado pelo Late Harvest 2017. Para o Vasco, a viagem prossegue, à procura de novos queijos, produtores e sabores que nos façam voltar. Até à próxima.

dom-queijo-2

Fotografias: Francisco Rivotti