5 regressos à mesa

Mesas onde já fomos e continuaremos a ser felizes

As medidas de desconfinamento trazem consigo uma série de boas notícias, incluindo a possibilidade de regresso aos restaurantes. Pedimos a algumas casas de norte a sul que partilhassem connosco a sua recomendação para o melhor pairing de gastronomia e vinhos da Ravasqueira neste regresso gradual à normalidade.

Alma Lusa

Lagos, Algarve

Para voltar em grande então terá que ser com um T-Bone maturado acompanhado de um Ravasqueira Syrah + Viognier. Um peça de carne suculenta com um tinto com nariz com mescla de pimentas, frutos vermelhos maduros, alcatrão e leve pêssego e damasco. Mineral, cheio de volume, taninos em constante equilíbrio com a acidez viva e vibrante. Um vinho ideal para ter à mesa.

Rubro

Lisboa e Cascais

O Chuletón de Buey é o prato perfeito para este tempo de reencontro com os mais próximos. Acompanhe com um copo de Ravasqueira Vinha das Romãs, em qualquer um dos restaurantes Rubro, em Lisboa ou Cascais.

Mato à Vista

Albufeira, Algarve

Ravasqueira Premium Rosé com Polvo à Lagareiro com grelos salteados. Uma harmonização que reúne à mesa um prato tradicional a um vinho com um perfil de velho mundo. Elegante e soberbo de textura, com fruta delicada e mineralidade. No nariz, apresenta-se perfumado, floral com leves notas fumadas, chocolate branco e cereja branca. Na prova, é pleno de textura e finesse, seco, mineral, suculento e longo. 

Chu Chu

Lisboa

Favas com chouriço e o Reserva da Família Tinto que apresenta fruta madura em sã convivência com aromas florais, alguma fruta de polpa branca e especiarias. Os taninos polidos mas presentes devolve-lhe uma tensão na boca que faz com que seja perfeito para estar à mesa.

Marisco no Praça

Cascais

Reserva da Família Branco a banca de peixe e marisco no Marisco na Praça. Neste caso em particular fica difícil escolher uma harmonização porque as opções são tão vastas e frescas que mudam todos os dias. O simples momento de contemplar a banca com um copo de Reserva da Família Branco na mão já de si é recomendável.